Pela primeira vez na história da Copa Truck, três pilotos de uma mesma equipe chegaram nas três primeiras posições em uma etapa. Wellington Cirino foi o vencedor da prova da prova disputada na tarde deste sábado no Autódromo Zilmar Beux de Cascavel, com Valdeno Brito em segundo e André Marques completando o trio da AM Motorsport. E por pouco que o Quarteto Fantástico do time não dominou. Débora Rodrigues terminou na sexta posição depois de proporcionar os melhores pegas da prova.

Entrevista com o vencedor Wellington Cirino:

“Foi uma corrida impecável. Um sábado para lembrarmos para sempre. Primeiro a retomada do esporte que amamos em meio a tudo o que está acontecendo no planeta. Depois, os resultados no classificatório e fechando com este resultado sensacional na prova. Só posso agradecer ao André Marques e a todo o time da AM Motorsport por essa qualidade toda”, comentou o vencedor da prova Wellington Cirino.

Valdeno Brito também celebrou o seu pódio logo na corrida de estreia.
“Todo o time está de parabéns. Estou muito feliz com essa experiência logo no início da minha participação aqui na Copa Truck. Foi muito bom”, avaliou.

A terceira colocação também deixou André Marques feliz com o trabalho da equipe.
“É bom demais por tudo que passamos desde o início do ano. Esse resultado é a resposta ao trabalho de todo esse time que construiu um caminhão novo, trabalhou muito em cima dos que já estavam prontos, e tudo isso em meio a pandemia. Esse é o espírito no nosso time”, celebrou.

Débora Rodrigues, que largará da segunda fila na prova deste domingo, brigou muito para estar no pódio, mas acabou perdendo a posição nas últimas voltas.
“Estou contente pelo rendimento do equipamento e pela minha evolução no conjunto todo. Foi uma corrida bonita, de boas disputas, e a possibilidade de estar entre os primeiros. Vamos para a corrida deste domingo em busca de um pódio”, comentou.

Os trucks voltam para a pista neste domingo, a partir das 13 horas para a segunda etapa da Copa 1, já indicando os três primeiros classificados para a Grande Final.

A Prova
O início de corrida foi de domínio completo da AM Motorsport, colocando seus quatro caminhões entre os cinco primeiros colocados. Enquanto Wellington Cirino, Valdeno Brito e André Marques disparavam nas três primeiras posições, Débora Rodrigues subia para P5 e travava um bom duelo com Roberval Andrade.
Na volta 9, os líderes já tinham mais de 20 segundos de vantagem quando Luis Lopes bateu na entrada da reta e causou a primeira entrada do safety car, juntando todo o pelotão novamente.

No reinício da prova, as três primeiras posições permaneceram inalteradas, enquanto Débora Rodrigues seguia o duelo com Roberval Andrade revezando entre P5 e P6.
Ao final, o trio se confirmou na frente e Débora fechou com o P6.

Resultado da Corrida 1 – *sujeito as verificações técnicas
1º – Wellington Cirino (Mercedes-Benz)
2º – Valdeno Brito(Mercedes-Benz)
3º – André Marques (Mercedes-Benz)

4º – Beto Monteiro (VW)
5º – Roberval Andrade (MB)
6º – Débora Rodrigues (Mercedes-Benz)
7º – Adalberto Jardim (PRO)
8º – José Augusto Dias (VW)
9º – Renato Martins (MAN)
10º – Djalma Pivetta (IVE)
11º – Felipe Tozzo (MAN)
12º – Fábio Fogaça (PRO)
13º – Luis Lopes (IVE)
14º – Evandro Camargo (MB)
15º – Felipe Giaffone (IVE)
16º – Leandro Totti (MB)
17º – Rafael Lopes (VW)
18º – Regis Boessio (VOL)
19º – Raphael Teixeira (FOR).